Cat on a Hot Tin Roof

Nos dias que estive em Chicago, passando por uma banca, vi um daqueles jornais sensacionalistas americanos com Elizabeth Taylor na capa. A foto era recente e deprimente, não podia esperar nada melhor de uma revistinha de quinta. Naquela noite vi Cleópatra pensando o quão indecente a imprensa marrom consegue ser com seus “ídolos”. Meu filme preferido da atriz que começou na telona aos 9 anos de idade é de 1958, dirigido por Richard Brooks. Me lembro de assistir e pensar: Como um casal pode brigar tanto e ser tão sexy ao mesmo tempo? Ai vai minha homenagem.


Elizabeth Taylor by Richard Avedon 1964

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *